Notícias
 
A GLóRIA DE FAZER CINEMA EM PORTUGAL
2 Jul 2015 share:

Share on FacebookShare on Twitter

A GLÓRIA DE FAZER CINEMA EM PORTUGAL

Manuel Mozos · Portugal · 2015 · FIC · 15’

A 18 de setembro de 1929, José Régio escreveu uma carta a Alberto Serpa onde manifestou a vontade de fundar uma produtora para começar a fazer cinema. Para isso, pediu-lhe que contactasse um amigo seu, que teria uma câmara de filmar. Durante quase noventa anos, nada se soube sobre o desfecho deste pedido: nunca se encontrou qualquer resposta de Serpa à carta e Régio não terá voltado a mencionar o assunto. Porém, a descoberta de velhas bobines no espólio de um colecionador, parece conter o desfecho desta história.